+55 61 3223-6363    |          Webmail

Profissionais.

Um grande time à sua disposição

Victorino Ribeiro Coelho

OAB/DF 146

Formado na antiga Faculdade de Direito do Rio de Janeiro, em 1958. Foi assessor da Associação Comercial do Distrito Federal, no período de 1968 a 1978. Atuação nos tribunais de primeira instância e instâncias superiores da Justiça Comum e da Justiça Federal, nas áreas cível, tributária, penal, trabalhista e administrativa. Foi Diretor da TV Rádio Nacional de Brasília, entre 1960 e 1968. Professor do Ensino Médio nas matérias de Direito, Português e Contabilidade, no Elefante Branco, no período de 1961 a 1977. Presidente da Junta Comercial do Distrito Federal, no período de 1968 a 1978. Professor de Direito Civil (Direito de Família e Direito de Sucessões) no CEUB, no período de 1984 a 1991. Membro do Conselho de Contribuintes do Ministério da Fazenda, no período de 1979 a 1985.

Vitor Augusto Ribeiro Coelho

OAB/DF 3.364

Foi Procurador-Geral do extinto Instituto de Alimentação e Nutrição-INAN, de 85 a 87; Adjunto do Procurador-Geral da União, na Advocacia-Geral da União, entre 93 e 99. Foi Consultor Jurídico Adjunto da Consultoria Jurídica de Assuntos Contenciosos – Diretoria Jurídica-Cojur/Conte, do Banco do Brasil. Atua perante o Tribunal de Contas da União, a Secretaria Federal de Controle Interno da Controladoria-Geral da União-CGU/SFC, o Banco Central do Brasil, a Delegacia da Receita Federal em Brasília/DF, os Conselhos de Contribuintes do Ministério da Fazenda, as Delegacias da Receita Previdenciária, a Delegacia Regional do Trabalho no Distrito Federal, a Secretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, a Secretaria de Previdência Complementar do Ministério da Previdência, a Comissão de Valores Mobiliários, os órgãos estaduais e federais e entidades civis de proteção ao consumidor, aí incluídos os Ministérios Públicos Estaduais e o Federal, a Secretaria de Direito Econômico e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica, ambos integrantes da estrutura do Ministério da Justiça, a Justiça Federal de 1ª Instância, nomeadamente no Distrito Federal, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região, o Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça, bem como no contencioso administrativo e judicial que envolva questões de licitação.

 

Luiz Filipe Ribeiro Coelho

OAB/DF 5.297

Formado em 1983 pela Universidade de Brasília, é pós-graduado em processo civil. Ex-Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção do Distrito Federal (94-95/95-97), foi Conselheiro Federal da entidade por duas vezes(98/00 e 07/09). Responsável pela sociedade Ribeiro Coelho Advogados, tem diversos artigos publicados em jornais e revistas especializadas. Professor de processo civil, coordenou por dois anos o exame para ingresso nos quadros da OAB. Convidado em 97 pelo Governo dos Estados Unidos da América, através da Agência USIS, para participar de programa destinado a conhecer as instituições jurídicas americanas. Em 98, foi selecionado pela Comissão Fullbright para ser o “1998 EisenhowerFellowfromBrazil”. Ex-Conselheiro da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça por designação do Sr. Ministro de Estado da Justiça. É um dos redatores do anteprojeto da atual Lei de Locações (Lei 8.245/90). Mantém, desde 1999, coluna semanal no suplemento “Direito e Justiça”, do Correio Braziliense e manteve participação semanal (2008/2010) no programa Bom Dia DF, da Rede Globo. Subprocurador-Geral do Distrito Federal, é também membro do Instituto dos Advogados do Distrito Federal, do Instituto dos Advogados Brasileiros e da American Bar Association.

Carolina Neddermeyer Von Paraski

OAB/DF 23.426

Graduada pelo UniCEUB em 2005 e pós-graduada em Direito Público pela faculdade Projeção. Atua nas áreas Cível, Família, Trabalhista e Tributária. Participante de diversos seminários, entre os quais o de Extensão de Teoria Geral de Processo Civil, do Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP, o Seminário Sobre o Direito da Educação, da II Jornada de Direito Civil, do Seminário Sobre as Novas Tendências do Direito Penal e do Seminário Sobre a Reforma do Judiciário, no Superior Tribunal de Justiça. Foi professora orientadora do Núcleo de Prática Jurídica do UniDF.

Lígia Ferreira Couto Pinto

OAB/DF 35.271

Graduada em Direito pela UDF e pós-graduada em Direito Civil e Processe Civil pela ATAME Brasília. Atua na elaboração de peças processuais; realização de audiências; acompanhamento processual; avaliação de casos; análise de provas documentais e orais; recomendação de procedimentos necessários a cada caso; contato direto com o cliente; coordenação de prazos e compromissos dos demais advogados.

Flávia Freitas

OAB/DF 19.132

Graduada pelo Centro Universitário de Patos de Minas – Unipam em 2002 e pós-graduada em Direito Público pela faculdade Projeção. Atuação nos Tribunais de Primeira Instância e Instâncias Superiores da Justiça Comum e da Justiça Especializada, nas áreas Cível, Consumidor, Empresarial, Imobiliário e Trabalhista. Orientação Jurídica e avaliação de provas documentais e orais, realização de audiências, elaboração de recursos e contestação de ações. Responsável por promover a defesa da empresa e de clientes em todas as ações, reunir os documentos correspondentes, instruir testemunhas e prepostos e elaborar as ações a favor. Apresentação de pareceres, acompanhamento de processos e elaboração de notificações judiciais e extrajudiciais, realizando acordos amigáveis ou promovendo ações judiciais. Experiência no zelo pelos objetivos do cliente e na manutenção e integridade dos seus bens, facilitando negócios, preservando interesses individuais e coletivos, conforme princípios éticos. Desenvolvimento de teses e redação de documentos para defesa do cliente, viabilizando recuperação de créditos e encerramento dos processos.

Virgínia Nogueira Garcia

OAB/DF 44.399

Formada em 2014 pela Universidade de Brasília – UnB, é conciliadora certificada pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal desde 2012. Atua perante Tribunais de Primeira Instância e Superiores na áreas cível, imobiliária e consumerista, com elaboração de peças processuais, realização de audiências, acompanhamento processual, avaliação de casos e análise de provas.

Voltar para o Topo